Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Pela fresta da janela


            
            Pela fresta da janela

Pela fresta da janela
Olha a vida, vida bela...
Pela fresta da janela
Vida olha, olha ela...

Pela fresta da janela
Passam anos passam meses,
Pela fresta da janela
Dias passam, passam eles...

Pela fresta da janela
Olha jovem olha velha,
Olha a vida, a vida dela
Pela fresta da janela...

Pela fresta da janela
Teme a vida por inteiro,
Pela fresta da janela
Vive menos... Vive menos.

Pela fresta da janela 
Respira liberdade,
Bem covarde,
...bem covarde!

Pela fresta da janela
Protegida pelo medo,
Espia a vida tão bela,
Pela fresta da janela.

2 comentários:

  1. A expressão da realidade! Podemos ver tudo pela fresta da janela e até respirar a liberdade, mas usufruí-la só mesmo deixando o isolamento que, por vezes, criamos para nós mesmos com medo de viver a vida! Grande abraço! Excelente blog!

    ResponderExcluir
  2. OI Hitalo, saudade de te ver por aqui, grande beijo no teu coração! :)

    ResponderExcluir