Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Jamais te esquecerei






















Jamais te esquecerei

Fechei os olhos para não te ver partir
Dos meus olhos só lágrimas saíram
-E não te vi partir-

Tapei meus ouvidos pra não escutar teu adeus
Só escutei as batidas do meu coração
Não te ouvi fechar o portão.

Calei minha boca para não te falar
Que meu coração suplicava
Implorava pra ti ficar.

Guardei nos lábios o beijo
Que desejava te dar
Fechei, tapei, calei...

Mas jamais te esquecerei!




Nenhum comentário:

Postar um comentário