Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012













Amor divina emoção

O amor agradece o poeta
Que descreve tão poética emoção
Capaz de infectar a alma
E proliferar harmonia em   intensa magia,
A mão concretizar o fato
Apenas é o tato de um poeta inquieto
Que abre sua alma em flor
A descrever o verdadeiro amor,
-Arco-íris- colorido de emoções
Sensações que todos desejam conhecer,
Possuir... ter!
Seus matizes dependem dos olhos que o fitam
Da capacidade de visão de cada coração,
Aos olhos do poeta o amor se projeta
Esboçando no papel a poesia
Divina homenagem a tão suntuosa emoção
Que aflora a alma e desperta o coração!



”Entre risos e gemidos em freqüente frenesi ali rendidos, 
do mundo esquecidos ai de mim...ai de ti!”

7 comentários:

  1. O amor, apesar de tema tão corriqueiro nos versos de poetas,não podem ser escritos de uma forma qualquer,

    Você escreve sobre ele de maneira maestral!

    Muito sensível!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada seus comentários são sempree bem vindo, desculpe a demora em responder, mas estava de férias um beijo no coração!

      Excluir
  2. Magestral a forma como tu tens total controle das palavras, adorei!

    ResponderExcluir
  3. Poetisa,a beleza de suas poesias me fascina,muito linda,parabéns poetisa linda!!!! Bjsssssss de LUZ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heidy minha querida, você sempre adorável um beijão no teu coração, é sempre muito bom te encontrar por aqui!

      Excluir
  4. Que o coração desperte sempre para o amor.Muita paz

    ResponderExcluir
  5. Há o amor e suas nuances, aqui divinamente poético.

    ResponderExcluir