Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 20 de março de 2013

Meu dono



Meu dono


Julgas-te meu dono?...
Meu dono não pode ser!
Pois não pertenço nem a mim,
Como pertenceria a você?

Sou corpo emprestado;
À alma que nele abita é energia...
- que não pode ser contida -
Um suspiro e parte a alma levando a vida
... e ai, só te resta a despedida!


quinta-feira, 14 de março de 2013

14 de março dia mundial da poesia!













O poeta e a poesia

A alma de um poeta
É feita de emoção
Magia e inspiração
Em corrente turbilhão.

Poesia é alma liberta
Sem amarras ou grilhões,
É sentimento que flutua
E escapa dos porões.

Da terra faz o leio
Das flores o cobertor
Do tempo faz seu caminho
Do vento seu condutor!


... A poesia é a magia
Dá lágrima que escorreu,
É o sorriso que o poeta deu...
O suspiro que o papel recolheu.

Mesmo se o papel rasgar
Se a água molhar,
Até mesmos se o fogo queimar,
Ainda assim, a poesia vai se salvar.

Pois um dia alguém a sussurrou
E o vento... escutou!



terça-feira, 12 de março de 2013

Todos um dia enfrentam o seu maior oponente.



 Tantas vezes no decorrer da vida vamos nos perdendo no caminho, nos esquecendo aos pouquinhos..., ás vezes nem percebemos que nos ferimos, apenas levantamos e seguimos sem dar valor à pedra, culpamos a vida esquecendo que não é ela quem nos conduz; ás vezes adquirimos o hábito de nos negligenciar e acreditamos que abrir mão faz parte da vida e sufocamos sonhos, descartamos alegrias; quando não prestamos atenção em nós por um longo tempo, acabamos por esquecer quem realmente somos,  o que realmente queremos, ai, e só ai a vida na contramão do destino nos faz dobrar uma esquina e esbarrar com nós mesmo, de repente a sombra não está mais a nossos pés, mas em pé a nossa frente e ai, não dá pra desviar, não adianta pedir licença, o único jeito de passar é através, é penetrando na nossa escuridão;  não, não é só dar um passo a frente é preciso coragem para nos olhar nos olhos, tudo o que deixamos na sombra, tudo que ficou escondido, o que não foi resolvido, o que não foi dito, os sonhos abandonados, os machucados aos quais não demos atenção..., tudo está ali ecoando afrontando a razão, assombrando o coração; nem todo mundo consegue dar este passo, alguns simplesmente param de caminhar e se quer percebem que a vida estagnou, outros tentam argumentar consigo mesmo, impor a sua falsa verdade, tentam enganar a realidade, estes vagam anos na escuridão vivendo sempre a sombra de si mesmo, mas há aqueles que diante do inevitável confronto, silenciam as desculpas, escutam os lamentos e questionam a verdade.

“Para se questionar  verdadeiramente, antes 
é preciso silenciar e escutar a si mesmo!”



Palavras, pensamento soltos...


quarta-feira, 6 de março de 2013




Ato dolorido

Se quiser dizer... dizer
Algo que eu não saiba,
Diga logo que me ama
E eu, eu não vou embora!

Se te calas, e nada falas;
Teu silêncio é desabafo
Que afronta meus ouvidos,
E faz do escutar um ato dolorido!...


Dispo-me das palavras, delicadas e perfumadas... desfolhadas de poesia!





Desfolhadas de poesia



Serei eu poetisa, talvez... quem sabe?!
Poderia eu ser borboleta,
Posto que minha alma é eremita
E tal qual a borboleta - rompe o casulo -
A alma liberta em poesia
Borboleteia em minha vida...
Serei eu capaz de recitar a poesia
Que de mim tenta escapar,
As letras no papel vão se juntando
Palavras vão se formando,
Instintivamente... me desfolhando;
Como um botão despido das pétalas
Dispo-me das palavras...
Delicadas e perfumadas, desfolhadas de poesia.