Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


sábado, 18 de abril de 2015

Ampulheta do tempo

















Ampulheta do tempo
Escorre de grão em grão,
Arei vivida já escorrida
Vira pó não volta a ser grão.

O tempo me escorre entre os dedos
A vida me escapa das mãos,
Retorna o grão a poeira
Nuvem dissipando no tempo
Fumaça lembrança em pensamento.

Não posso parar o tempo
Não posso andar pra traz,
Só posso sentir saudade
Que a fumaça me traz.

Retenho em mim a areia
Saboreio cada grão
Que escorre da ampulheta
E me escapa das mãos.




terça-feira, 7 de abril de 2015

Contam-se histórias antigas... Fique esperto!













Fique esperto!


Contam histórias antigas
Vendo à fogueira a queimar,
De jovens lindas princesas
E de príncipes às salvar.

Onde o mal é conhecido,
Feio e temido,
E o bem é sempre,
Bom, bonito e amigo.

Mas aqui nesta floresta
Com o sol a iluminar,
Nas margens deste rio
Quero lhes contar.

Uma história diferente
Que faz agente pensar,
Que sempre os nossos pais
Devemos escutar.

Contam que certa vez,
Uma linda menina sozinha foi passear,
E um monstro homem
Veio sua vida tirar.

A pobre da princesinha
Não podia se defender,
Da fúria daquele homem
Que tinha á visto crescer.

Mas eis que surge um lobo
Enorme fera a rosnar,
E salva a garotinha
De quem a queria matar.

A menina apavorada
Contempla seu protetor,
A fera que lhe dava medo

Tornara-se seu salvador.

O lobo que nas histórias
As crianças vêm assustar,
Na verdade era um amigo
Que viera lhe salvar.

Salvar daquele homem
Que seu amigo dizia ser,
Com o qual achava
Perigo não correr.

O homem que lhe dava balas
Quem podia imaginar,
Era um assassino
Que vivia a matar.

Por isso prestem atenção
O mal é esperto e sabe se disfarçar,
Cabe a nós aprendermos a nos cuidar
E por isso devemos nossos pais escutar.

Aqui vai um conselho
Para você aprender,
Se alguém o mandar algo fazer
E de seus pais esconder.

É errado, não faça!
Corra de pressa com seus pais se proteger,
Este alguém com certeza
Algum mal quer lhe fazer.