Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


sábado, 11 de junho de 2016

Para ser inteiro, um ser completo, é preciso antes aprender a dividir, dou-se, seja metade de algo maior, só assim a vida realmente vale o respirar!




Aprendendo a viver...


Com a vida aprendi que cinquenta por cento
 já tá muito bom, que cem por cento e exagero,
Aprendi que a perfeição não existe,
e isso, é o belo da vida...
Aprendi que ser metade é bom,
e completar-se é divino.
Aprendi, que não a mal que dure pra sempre,
mas isso não impede a dor...
Aprendi que desistir não é solução, mas opção...
Que o corpo não é carregado pelos pés cansados,
mas sim, pela esperança na estrada...
Que boas ou ruins, as escolhas nem sempre são nossas,
 e cabe a nós aceitarmos.
Que sim, o tempo deixar marcas no corpo...
Porém, é a vida quem deixa eternas marcas no tempo!



“Seja a metade que completa, porque ser inteiro é justamente,

valorizar as metades de um 'ser completo'.”


4 comentários:

  1. Olá;
    Em meio a tantas correrias dos dias, é muito bom dar um stop e ler poesia, teu blog já é meio que um destino certo, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcus que bom, saiba que fico muito feliz em receber tuas visitas e comentários sempre tão estimulantes.
      Grande abraço!

      Excluir
  2. Boa noite!
    [...] Aprendi, que não a mal que dure pra sempre,
    mas isso não impede a dor... Que sim, o tempo deixar marcas no corpo... Porém, é a vida quem deixa eternas marcas no tempo!

    Estava saudosa de ler-te.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marta obrigado flor, estava com saudades de você, um enorme beijo no teu coração!

      Excluir