Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


terça-feira, 11 de abril de 2017

INSEGURANÇA o câncer da sociedade atual!






Justiça

Passos apressados, olhos assustados
Mãos cerradas... insegurança declarada,
Para todos os lados pessoas em pânico,
O medo se instala... E tudo é assustador!
Olho em volta, não vejo nada,
Mas... está lá... invisível,
Espreitando em uma esquina,
Só a espera de mais uma vítima
Que indefesa clama Por proteção,
E seus gritos ecoam Entre a multidão,

Justiça... justiça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário