Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


segunda-feira, 27 de junho de 2011

Inoema Nunes - Janela da emoção!
















Beijar eu já beijei
Alguns morreram na boca
Outros queimaram em vão,
Já dei beijos de despedida
Que marcaram minha vida,
Beijar, eu já beijei!
Alguns mornos, mas nunca frios
Uns deram tremedeira, outros arrepio,
...O beijo que não esqueço
Deu choque na janela da emoção
E trancou o amor dentro do meu coração!

2 comentários:

  1. Sei que sou meio "suspeito" a falar algo, mas tive o prazer de passar um bom tempo junto da srá,e tempo este o suficiente para ouvir belíssimas frases, poemas e palavras que saem naturalmente, ou seja, faz parte do cotidiano da srá, coisas de don e somente pessoas iluminadas tem o prazer de desfrutar desta "dadiva". Esta ai mais um belíssimo poema que dispensa comentários "Já dei beijos de despedida que marcaram a minha vida". Um enorme Beijoo de mais um fã desde sempre.

    ResponderExcluir
  2. Olá!!

    Fazia um tempinho que nao navegava por seu blog, hoje matando a saudade e lendo essa delicia de texto!!

    Que vc tenha uma ótima tarde- um beijo!

    Espero por vc no Alma!

    ResponderExcluir