Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Feliz Ano Novo abençoado 2016!


E você já parou para analisar o seu baú?



Baú coração


Baú trancado aos olhos, liberto em emoção
Eis em mim contido no meu baú guardado
A plenitude do imortal a concepção do emocional,
As recordações da minha história eternizadas na memória
Lembranças da infância, lembranças de esperança, amor amizade...lealdade;
Meu baú é organizado pra tudo tem um lugar à emoção é que dita
- a ordem da arrumação -,
A faxina emocional, limpeza espiritual
...é feita seguidamente e continuamente
Para não ser sobrecarregado com aquilo que não deve ser guardado,
Nos porões do meu baú mesmo bem arrumado a um pó depositado
Penetrou entre as frestas escondeu-se nas arestas
Lembranças que mesmo descartada já cruzaram minha estrada,
Poderia fazer uma enorme faxina usar um aspirador
Porém, sei bem que tudo na vida tem o seu valor
...até mesmo o pó que um dia chegou a ser grão serviu-me de lição.


"... pó é pó poeira na caminhada o que conta são os adornos
da estrada a decoração da nossa morada!”



...E você já parou para analisar o seu baú?

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Feliz Natal!





Já é Natal!

Há luzes dentro de nós,
Um colorido especial...
Um bem querer universal.
Há emoções fluindo em harmonia
Mais sorrisos, mais bom dia!

... É, já é Natal!

Há algo diferente
Uma sintonia contagiante
Casas decoradas, rua iluminadas,
Uma presença especial...
Sem dúvida já é Natal!

E o menino Jesus em nós desperta
Cantando, sorrindo, fazendo a festa...
E cada um se faz um pouco mais criança,
A magia do Natal é a alegria de criança
A esperança, a paz que o menino Jesus nos traz.



Feliz Natal!!!

Liberte a criança que há em você e veja a magia acontecer!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Um estranho...





Um estranho

Olho as pessoas a meu redor
Indo e vindo sem parar.

Pra todo o lado que olho
A pressa está presente,
Conduzindo com urgência
A vida de tanta gente.

Olho o mendigo na rua
A persistir em sua luta,
De olhar, sem ser notado
Pra ganhar alguns trocados.

Olham apenas os centavos
Ofertados ao coitado,
Nessa terra de ninguém
Nesse mundo abandonado.

Nessa multidão de estranhos
Há quem pense como eu,
Que se pergunte por um instante
Quem passou?... Quem eu sou?






“Quisera eu conhecer profundamente a mim mesma, mas por vezes sequer percebo os musgos que crescem nas paredes da minha alma, alheio ao meu entendimento perturbando minha visão, não são ervas daninhas, mas atrapalham a percepção!”







terça-feira, 8 de setembro de 2015

Luana Jahnke, meu amor leve no teu caminho a sabedoria da escada e o ensinamento de cada degrau. O tempo voa já faz um ano!






Quando os degraus são superados...
Percebemos a sabedoria da escada
... e o ensinamento de cada degrau,







Quando os desafios são superados...

Ao olhar para trás verás a distancia percorrida,
porém... não verás os degraus, é este o propósito
da escada, estar sempre a frente...

Busque sempre o horizonte,
verás que a vida se renova a cada passo,
e os degraus são infinitos...

Que as mudanças fazem parte da evolução
e , só assim, a escalada é continua...

Que os desafios são do tamanho da nossa capacidade...
E por isso todo o obstáculo pode ser superado!

Que a nossa força e medida pelas pedras que retiramos do caminho
 e que somente contorna-las não nos fortalece em nada...

Que a distância é realmente relativa,
e que o tempo é sempre precioso...

Que a força de vontade é que determina
o tamanho dos nossos sonhos... Não o desejo!

Com o tempo percebe-se que os degraus são justos,
Que os obstáculos existem e só assim as vitórias são merecidas...

Que é preciso força pra sonhar, coragem para tirara as pedras do caminho, 
mas só com determinação os degraus são superados...









Meu amor, tu com força de vontade sonhou... com coragem retirou as pedras do caminho... com determinação escalou os degraus, uma a um, e passo a passo...venceu!

COMEMORE! FESTEJE! Viva intensamente a tua vitoria!

O tempo é sábio e a vida é grata com quem o valoriza...
E hoje, hoje é dia de comemorar! Curta o momento, a festa e tua!

E o mais importante filha continue sempre sonhando pois a os sonhadores reservam-se as realizações, Ame, semeie e preserve o amor no teu caminho...e continue tua escalada, sempre em frente em busca dos teus sonhos...

Nós, nós estaremos sempre aqui pra comemorar contigo cada um!...

Obrigado Senhor!

Parabéns Publicitária Luana Jahnke!
ATC 01/2014




domingo, 16 de agosto de 2015

15 de agosto dia do meu pai, te amo pai, saudade!















O amor de sentinela.

Minuano aguerrido não te faz de distraído
Com  certeza tu sabes da enorme saudade
Que sibila na tua canção, pois traz na tua garupa
 ... mais que frio, traz solidão...

Hoje, me encontras em tapera,
Sem janela, porta ou cancela...
Onde o amor de sentinela
Mantém acesa uma vela...

Na mente um pensamento no coração uma oração
Na realidade uma intenção... Que na ausência da companhia
O amor se torne vigia para meus passos guiar
E na estrada da minha vida eu consiga o orgulhar

E no céu, feito posteiro que guarda a coxilha
La do alto, no pampa do criador...
Meu pai aponta pra mim é diz a Deus
Lá vai minha filha, sim senhor!...



quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Livro emprestado












Livro emprestado

Tatuado em mim há uma história
Um livro, manuscrito inacabado...
Segregado em brancas paginas a essência vital.

... livro ofertado, e em mim, cativo pelo tempo;

Páginas a espera do escritor;
A cada dia algo novo é rabiscado, história desvendada,
Desfolhada em silenciosa... sigilosa poesia.

Feito rosa desfolhada pelo tempo,
...cada página é uma pétala
Que perfumou o seu momento.

Livro a espera do leitor
Preserva em seu interior
- a essência do amor -.


Meus filho, minha melhor parte...




Bem mais felicidade

Na vida amor eu nunca economizei,
Todo o que eu recebi eu entreguei
Plantei amor, respeito e carinho...
Fiz do meu coração um ninho,
Respondi os por quês, mais que ensinar a andar,
Ensinei a pensar, a respeitar o próximo
A amparar os fracos e respeitar as diferenças...
Sarei os machucados, ajudei a levantar
Mostrei o caminho e ensinei a andar,
Rezo para ter semeado mais acertos que erros
Mais bondade, mais responsabilidade,
Mais, bem mais felicidade!
Mesmo sabendo que alguns erros cometi,
Sei que todos os meus acertos foram por ti.



quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Há momentos em que é preciso silenciar o mundo para escutar a si mesma...

   


             Diante da apatia da inércia diante da luz, há quem olhe e pense... morreu, porém é sempre bom lembrar-se da lagarta, ela trancasse viva em um casulo, não para morrer, mas pra renascer. Tudo na vida tem seu tempo, tempo de semear, de esperar, de colher e o tempo do "casulo", uma coisa é certa, quanto maior for o tempo de reclusão maior será a transformação... Resta  então a perguntar: 

O que sairá do casulo?...



Chuva... e entre o silêncio dos pingos ali a alma dança...



...então a chuva cai, lava o chão
Encharca a terra criando poças onde
... o vazio  permite.

Faz desenhos nas vidraças


Transforma tudo por onde passa...







sábado, 25 de julho de 2015

Vida, um oceano de possibilidades... Porque as vezes não basta saber tem que relembrar!




Navegue o tempo, não se permita ser apenas por ele carregado
Não é o tempo que tira teu viso e exaure tua energia,
...ele impõe a nós a sua força a sua incapacidade de ficar parado,

Os anos mal vividos o tempo mal empregado,
O fardo dos anos desperdiçados é muito pesado,
...tudo uma vez não vivido vira entulho nos porões do navio.

A vida é um oceano uma imensidão de possibilidades,
Desafios se impõe a nós com muita facilidade e as conquistas são lutas diárias
Enfrentamos tempestades, motins, mas deslumbramos o amanhecer!

Com o tempo vemos o nosso navio mais lento, por vezes naufragamos ficamos a deriva do acaso a espera do talvez, de repente nos tornamos ancora de nós mesmos... e impedimos nosso próprio navegar.

Não acumule desafeto, o amor é companhia mais agradável e bem mais leve, o ódio é ancora de grossos grilhões impede a evolução da viagem e naufraga o coração, reveja sua bagagem, se preciso for faça uma faxina nos porões do seu navio...

Leve com você apenas as boas companhias, afinal a viagem é longa...
Tudo que te torna pesado deve ser descartado, invista na leveza de um sorriso
na lealdade da amizade... tente ser feliz de verdade!

As lágrimas elas fazem parte do oceano da vida não devem ser aprisionadas
...chore, deixe as lágrimas fluírem as angustias partirem,
verás que é justamente esta a utilidade delas “lavar o convés”.

A alegria é o farol a ser seguido o segredo é compartilha-lo com os amigos, no final da viagem, vida ela é medida não pelo tempo que permanecemos no navio, mas pela distancia percorrida é acredite, não é o destino que está no leme... é você!


"As lágrimas são feitas parte água parte sal é uma reserva pessoal
do oceano da vida que trazemos para nos auxiliar na limpeza...
Tranca-las dentro do peito é naufrágio eminente do coração...
Chore, deixe as lágrimas fluírem,verás que é justamente
esta a utilidade delas “lavar o convés”!



Entulhos nos porões do meu Navio

Hoje resolvi visitar o meu porão
E me encontrei ali em mil pedaços pelo chão,
Eu vi fragmentos de um amor que eu quis
Tudo aquilo que eu vivi estilhaçado pelo chão,
E machucou meu coração...

Lembrei, todas as vezes que eu chorei...
Eu fui tão tola em insistir que o teu lugar era aqui,
Eu quis, tentei amar por nos dois...
Sem me importar com o depois,
Guardei as lembranças no porão
E tranquei meu coração.

Vivi triste e infeliz... ali, de repente percebi
Relendo naquelas cartas amassadas
Palavras que já me dizem nada,
Que a saudade, a falta que eu sentia,
... na verdade era minha.

Vasculhei as gavetas, revirei o porão,
Juntei cada pedaço meu do chão...
Abri a porta e libertei meu coração.





sexta-feira, 24 de julho de 2015

Semana Farroupilha 20 de setembro - Inverno gaúcho



Inverno gaúcho


Gaúcho maneia o tempo
E para um pouquinho lá fora,
Arfa no peito este frio macanudo,
Que faz parte da nossa historia,

Sente a pele queimar as melenas balançar...
Afrouxa um pouco a fivela e deixa o minuano te invadir
Arfa com gosto, sente a goela congelar...
Relembre no frio a herança que aprendemos dês de guri

O valor da união, do calor amigo, 
Da roda do chimarrão...
Da Brasa acesa, da labareda ardente...
Do calor humano em nós sempre presente.

Retorna aos braços da tua prenda
Aconchega-te nos braços do teu peão
Com a certeza que o frio é mais uma 
... das bênçãos deste chão.


quinta-feira, 23 de julho de 2015

Pensamentos soltos...




Às vezes ruir é a única saída... após a implosão
tudo vira pó, poeira pelo chão,
... ai, e só ai, entendemos que restaurar ruínas
é bem mais difícil que sacudir a poeira
e começar de novo!



quinta-feira, 18 de junho de 2015

Obra do criador - * Há quem olhe e pense Deus é gaúcho, sim senhor! *



















Obra do criador


Nos pampas do Rio Grande, na terra onde eu nasci
Sopra o vento minuano arteiro igual guri...
Faz reboliço onde passa e de fato nem disfarça
Que gosta mesmo é daqui...
Há quem olhe e se encante com o bailado das folhas
Que meio a contento são cabresteadas pelo vento...
Oh! Minuano aguerrido quando me pego distraído
Viajo na tua garupa a onde a vista alcançar...
Sei que é aqui na minha querência amada
Que um dia vou repousar...

Na fronteira, missões ou serra...no pampa ou na capital
Não há sequer um vivente que não gabe contente
O orgulho da nossa gente da campanha ao litoral,
Gaúcho não é orelhano, sabem bem onde nasceu
Por mais que campeie o mundo a fora,
Há apenas um lugar que o gaúcho chama de seu,
Onde o vento de rédia solta a reveria do tempo
Pastoreia os campos, afeita as arvores...
Feito cantiga sibilada no compasso do criador

Há quem olhe e pense... Deus é gaúcho, sim senhor!


quarta-feira, 3 de junho de 2015

Reflexos do entendimento...



... É bem, mais fácil, fechar uma porta que tentar encostar uma janela, as portas são vias de passagens... obedecem a nossa vontade, já as janelas são pontos de observação, onde a vida nos contempla e o tempo nos orienta, na vida podemos fechar uma passagem, mas... jamais podemos esquecer o tempo contemplado através da janela!..."  



 "Os pensamentos, são reflexos do entendimento;
 se penso, existo, e tudo que vivi... já mais será esquecido!"




Vidraça molhada



Vidraça molhada

Cai o pingo na vidraça, bate querendo entrar
A vidraça já cansada de ouvi-lo reclamar
Olha o pingo molhado na sua fase rolar.

Insiste o pingo mais forte, bate e bate em vão
A vidraça não se incomoda com sua sofreguidão,
Deixa rolar os pingos que lhe embaçam a visão.


Espírito liberto












Espírito liberto

A cada minuto mudamos, evoluímos,
Transformamos o mundo a nossa volta;
Saber viver é isso que importa.

A evolução é lenta, mas em frequente compasso,
Impõe-se a nossos pés a cada passo,
Como se demarcasse território no saber
A alma, assim, tende a crescer.

Evoluir nem sempre é fácil, é tarefa de guerreiro,
Há aqueles que mesmo jovens
... evoluem primeiro.

Evolução é conquista da alma aguerrida
Que não passa simplesmente pela vida;
Espírito liberto, que busca o firmamento,
Aprende a cada dia na lição do entendimento.





“Prefiro a coragem de chorar ao medo de tentar, 
mais vale uma lágrima ao chão que a vida na solidão!”


segunda-feira, 18 de maio de 2015

Basta de se lamentar, acorda Brasil! Eleições no Brasil - Vote consciente do real valor da sua escolha, fique atento, isso é fato "Ser cordeiro entregue aos lobos é sim uma opção".


BASTA! ACORDA BRASIL!

Verás que um filho teu não foge a luta!




Basta

Basta de impunidade de corrupção,
Basta de hipocrisia
De esperar por salvação,
Temos que agir agora
E mudar a nossa história,
Depende de nos dar um basta
- Aqui e agora -
Outros virão
E cumprirão os seus mandatos,
Encare, é fato!
É consequência de nossa ação,
Só nos rouba e condena
Quem nós elegemos,
Que pena!...
Desenvolvam a consciência
Um corrupto é sim um ladrão,
Não muda, não tem perdão,
Então folheiem o passado
Descartem os condenados,
Este bando de safados,
Passem a história a limpo
Reflitam! eu insisto,
Passem um filtro
E escolham com decência um cidadão
Que possa dar orgulho a nossa nação!

sábado, 18 de abril de 2015

Ampulheta do tempo

















Ampulheta do tempo
Escorre de grão em grão,
Arei vivida já escorrida
Vira pó não volta a ser grão.

O tempo me escorre entre os dedos
A vida me escapa das mãos,
Retorna o grão a poeira
Nuvem dissipando no tempo
Fumaça lembrança em pensamento.

Não posso parar o tempo
Não posso andar pra traz,
Só posso sentir saudade
Que a fumaça me traz.

Retenho em mim a areia
Saboreio cada grão
Que escorre da ampulheta
E me escapa das mãos.




terça-feira, 7 de abril de 2015

Contam-se histórias antigas... Fique esperto!













Fique esperto!


Contam histórias antigas
Vendo à fogueira a queimar,
De jovens lindas princesas
E de príncipes às salvar.

Onde o mal é conhecido,
Feio e temido,
E o bem é sempre,
Bom, bonito e amigo.

Mas aqui nesta floresta
Com o sol a iluminar,
Nas margens deste rio
Quero lhes contar.

Uma história diferente
Que faz agente pensar,
Que sempre os nossos pais
Devemos escutar.

Contam que certa vez,
Uma linda menina sozinha foi passear,
E um monstro homem
Veio sua vida tirar.

A pobre da princesinha
Não podia se defender,
Da fúria daquele homem
Que tinha á visto crescer.

Mas eis que surge um lobo
Enorme fera a rosnar,
E salva a garotinha
De quem a queria matar.

A menina apavorada
Contempla seu protetor,
A fera que lhe dava medo

Tornara-se seu salvador.

O lobo que nas histórias
As crianças vêm assustar,
Na verdade era um amigo
Que viera lhe salvar.

Salvar daquele homem
Que seu amigo dizia ser,
Com o qual achava
Perigo não correr.

O homem que lhe dava balas
Quem podia imaginar,
Era um assassino
Que vivia a matar.

Por isso prestem atenção
O mal é esperto e sabe se disfarçar,
Cabe a nós aprendermos a nos cuidar
E por isso devemos nossos pais escutar.

Aqui vai um conselho
Para você aprender,
Se alguém o mandar algo fazer
E de seus pais esconder.

É errado, não faça!
Corra de pressa com seus pais se proteger,
Este alguém com certeza
Algum mal quer lhe fazer.


 

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Face exposta não há como negar a lágrima clandestina que naufraga no olhar...

 

Como explicar quando tudo parece engano? ...

A energia vai se esgotando e não se renovam as forças,
Sorrir fica dolorido e chorar se torna normal,
Será tristeza? Esta angustia que solitária vaga pelo peito...

Não se sabe onde aconteceu, nem quantos cometeu,
Mas percebesse os erros, em devida proporção
Que não só o coração é capaz de medir, mas a alma consegue sentir...

Será tristeza esta dor permanente que parece se divertir com os ais
Latejando em procissão, camuflada aqui e ali vai mudando de direção
Tornando precipitadas as batidas do coração...

De repente feito ave em tempestade sentisse medo de voar,
E percebemos que em algum momento
Perdemos a coragem de andar...

Como aceitar que falhamos que cometemos enganos,
De repente nos vemos refazendo os planos
Remendando os sonhos... descartando os enganos.

De repente sentisse sede, sentisse frio,
Mas permanecemos vegetativos de nós mesmos
E negamos nossas emoções, camuflamos nossa dor.

Para desespero de nossa alma o coração se cala
E o amor seca feito rio sem nascente!
Deixando este frio permanente!...



Sabor de pitanga - O jogo acabou o goleiro se despediu...




sabor de pitanga...

Olho e vejo a goleira vazia
o campo deserto...
mas a rede continua presa a trave...

Os gritos, a torcida... a emoção
ainda balançam a rede... e aceleram o coração.

O jogo acabou o goleiro se despediu,
mas a rede... continua presa a trave!...

no jogo da vida festeje os gols,
drible a marcação, acalme o coração,
 mas a nunca esqueça a goleira!




quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Oceano do tempo


















No horizonte a tempestade se aproxima,
Os mares das águas da vida revoltos
Quebram os sonhos nas pedras...

Os corações são arrastados pra longe da praia,
Congelados, icebergs esvaídos de calor...
Jaz no leito do oceano do tempo mais um amor.


Sabedoria de mãe...

        

    Certa vez eu li em algum lugar, não lembro bem onde, mas recordo-me bem da frase: “A mãe ora e o filho chora”, quando li essa frase, era uma guria bem jovem, recordo-me de ter ficado muito perplexa, como assim, desde quando, orar é motivo pra chorar? Pensei comigo que a frase deveria estar inversa o certo seria “o filho chora e a mãe ora”, sim seria o mais prudente, mas não a frase estava correta eu que na minha pouca idade não podia compreender a magnitude das palavras ali escritas, porém hoje entendo o significado real das palavras, as mães são abençoadas com o “pressentimento” uma espécie de ligação que ao contrario do cordão umbilical, nunca é cortada e por ter essa ligação tão sagrada com os filhos à mãe sente quando o filho(a) vai chorar, muitas vezes antes mesmo dele saber, dai a frase. “A mãe ora e o filho chora”; hoje sei que a mãe não espera seu filho chorar para depois orar, ela reza vigilante pelo seu sorriso, e às vezes ora solidária com seu pranto para que as lágrimas lavem toda a dor e regue a esperança na certeza da proteção de Deus.

"Após abrir os olhos meu filho mudou todo o meu mundo, ali eu soube que não era ele que me pertencia, mas eu que para ele a partir daquele momento viveria..."





terça-feira, 27 de janeiro de 2015

[...] O amor não calcula lucros soma vidas, não classifica cores miscigena raças.

                         
O amor e a paixão.

A paixão acontece em uma fração de segundo, é química pura, um estado de combustão que por si só se consome... com a paixão vem o ciúme a luxuria tudo  que está sob o julgo da visão e é mutável ao tempo, a paixão é uma condição de burrice e aflição, um ter que não pode ser contrariado, um querer possessivo, um fogo destrutivo que queima até virar fumaça, arde os olhos, atrapalha a respiração... e se dissipa no ar. O fim da paixão a decepção ao descobrir que não era amor, é um processo dolorido onde é comum culpar o outro, é a influencia do egoísmo que feito hormônio é potencializado na paixão.
O amor não acontece, ele nasce feito semente que rompe a terra, uma vez semente se faz sentimento vivo e cresce a cada dia, ao contrario do que alguns acreditam não é possível matar o amor, por mais que possamos podar os galhos, aparar as folhas, até mesmo devastar a sua superfície, porém as raízes, elas permanecem sob a terra, no interior protegidas, aquele que é fecundado pelo amor para o bem ou para o mal nunca mais será o mesmo, mas acredite não sou eu quem diz é a vida, o amor sempre vale a pena, e se acabou não era amor era paixão, se acabou só de um lado, não lamente pois é melhor trazer no peito um coração com raízes de um amor a um coração que se quer sabe o que é amar.  

Sim o amor ele é sego justamente por isso nasce no interior,  onde o toque a audição e o paladar comandam as emoções, não é possível julgar o que não se vê, daí a dificuldade de entender o amor , sentimento capaz de unir almas pela eternidade, sendo sego não conhece o preconceito não distingue idade, riqueza, pobreza, sexo... O amor não calcula lucros soma vidas, não classifica cores miscigena raças, ele nasce sem avisar, cresce sem pedir permissão e vive alheio ao tempo, não! não é rebeldia e sabedoria, o amor ao contrario da paixão não é um estado de burrice onde a razão é subjugada pela emoção e a emoção é ditada pelo egoísmo, não o amor é parte racional se não fosse não seria inteligente, e assim sendo onde estaria a nobreza de um sentimento sem sabedoria, sim o amor é racional a prova é que  ele ama o permanente sabe que só assim não perecerá com o tempo, O amor ama além dás mãos o toque, além do corpo a alma, além da cor do cabelo o modo de pentear, além do sexo as mãos entrelaçadas, além das qualidades os defeitos, além do estar o ser, além do amar hoje o... amar amanhã. O amor nasce da beleza do olhar capaz de descortinar a alma, no calor de um sorriso que penetrar a pele e iluminar o coração, num simples modo de falar, de tocar... amar é a capacidade de se doar sem restrição e isso faz do amor o sentimento mais nobre e desejado dentre todos...   ao amor reservasse a eternidade e aos homens a busca eterna, fascinados pelo amar!

"O amor ama além dás mãos o toque, além do corpo a alma, além do amar hoje o amar amanhã."




Pensamentos soltos...


... Sou ponte em construção, estrada inacabada,
Inicio e fim na mesma estrada... os sonhos são as pausas,
as reticências no cansaço, a energia pra tudo que faço!


Tudo de novo, outra vez!...



















Lembra quando na janela te beijei?...
O vento era tão suave, afagava os cabelos,
Feito brisa primaveril que espalha o perfume...
E provoca arrepio...

Lembra?...
O sabor do gloss de hortelã
misturado ao hálito teu e meu
... quem de nós esqueceu
Do calor, do arrepio do toque.

Ondas de emoção projetadas no infinito
Até hoje ecoam feito ecos de um grito,
A simples lembrança do teu olhar
É capaz de recriar com total nitidez...

Tudo de novo, outra vez!...



Soleira da porta...





Na soleira da porta como quem espera a porta abrir
Algumas folhas secas que o vento trouxe até ali...

No varal, roupas feito bandeiras
Agitam-se desnudas dos corpos...

Ao longe palavras flutuam sobre as árvores
... Sussurros libertos do pensamento.

Feito prisioneiro que escapa da prisão
Em silencio a emoção repousa no chão...