Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

JANELA DA EMOÇÃO - AMOR EM POESIA















Janela da emoção


Beijar eu já beijei
Alguns morreram na boca...
Outros queimaram em vão,
Já dei beijos de despedida
Que marcaram minha vida,
Beijar eu já beijei...
Alguns mornos, mas, nunca frios,
Uns deram tremedeira, outros arrepio.

O beijo que não esqueço
Deu choque... na janela da emoção
E trancou o amor dentro do meu coração!




"Nem tudo na vida pode ser explicado, por vezes nem vivido...mas nem por isso deixa de existir, assim é o amor e isso o torna o mais precioso dos sentimentos!"

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Poesia o amor Livro Imortal Inoema Jahnke.















O amor

O amor veio bater em minha porta
Adentrou com a fúria de um furacão,
Varreu-me, de todos os meus temores,
Levou meu maior medo, o de amar,
E então a fúria se transformou
Em uma brisa suave, envolvente
...Olhei em volta,
Não havia nem um só espaço vazio,
Onde outrora era escuro e sombrio,
Agora se fazia iluminado,
Repleto de uma luz tão brilhante
E de um calor tão intenso,
O frio que congelava minha alma,
Não mais se fazia presente...
Minha alma meu corpo todo meu ser ardia,
Queimava em uma consumição maravilhosa,
Ouvi então uma melodia suave
Quase comovente, era você...
E sussurrando em meu ouvido disse:
- Ame e serás amada,
Pois sou o amor e agora lhe fiz morada!

Pela fresta da janela


            
            Pela fresta da janela

Pela fresta da janela
Olha a vida, vida bela...
Pela fresta da janela
Vida olha, olha ela...

Pela fresta da janela
Passam anos passam meses,
Pela fresta da janela
Dias passam, passam eles...

Pela fresta da janela
Olha jovem olha velha,
Olha a vida, a vida dela
Pela fresta da janela...

Pela fresta da janela
Teme a vida por inteiro,
Pela fresta da janela
Vive menos... Vive menos.

Pela fresta da janela 
Respira liberdade,
Bem covarde,
...bem covarde!

Pela fresta da janela
Protegida pelo medo,
Espia a vida tão bela,
Pela fresta da janela.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Verdades sobre o amor















 

Ame sem se preocupar com o tempo ou idade,
O amor não tem prazo de validade
Determinado nem restrições de idade...
                                                 
...ame sobre tudo a você mesmo,
Só assim será capaz de amar
Outra pessoa verdadeiramente!

...não prometa amor eterno,
Mas amor sincero, o amor só se
Eterniza na sinceridade!

Saiba que todo o amor tem limites
...e quem acredita que não,
 Com certeza já perdeu um grande amor!

Não existe amor pela metade, quando
Amar alguém ame completamente,
Qualidades e defeitos,

O amor não é cego é apenas paciente, 
E ninguém, ...ninguém é perfeito!

Amar é bem mais que estar junto,
É doação é retribuição, amar...
É a entrega plena da mais pura emoção!

O amor não nos enfraquece, 
Apenas nos mostra a verdadeira força
Do que realmente importa!

A magia do amor está em se doar,
pertencer à outra pessoa e mesmo assim ser pleno!

...Não ser capaz de andar sozinho não nos torna fraco, 
Apenas nos mostra a importância 
De quem anda a nosso lado!

É possível estar apaixonado sem amar,
Mas é impossível amar sem estar
...irremediavelmente apaixonado!

Quando o amor acaba,
 E acredite, somos capazes de matar o amor!
...as marcas são permanentes,

Mas ao contrario do que se pensa, não se morre de amor!
Por mas que você sofra, vai querer amar outra vez!

É melhor ser amado e não corresponder
Que amar e não ser correspondido,
Quem diz o contrario por certo desconhece a força do amor!

Amor não correspondido é lamento sem alento,
Querer sem ter, ser sem pertencer...só faz sofrer!

O amor é um estado de graça,
Onde só quem já amou sabe o valor de ser amado!

Nem todo o ato em nome do amor
Está acima do bem e do mal!
 ...só o amor pode ser irracional!

Amar não é aceitar tudo,
O amor é um estado de graça,
Não um estado de burrice!

...quando o fim é inevitável
As lágrimas são visíveis

Ao perceber o fim;
Não se arrependa de ter amado,
Não se pergunte quem foi o errado,

O amor quando retribuído mesmo que por um
Curto espaço de tempo, vale cada lágrima na despedida!

Amar a distância é viver pela metade,
Os dias são intermináveis e as noites insuportáveis!

O ciúme não pode ser maior que a confiança,
...do contrario não é amor!

Amor não é feito de arroubos de grandeza
É feito de delicadeza, do silencio no momento certo!

Por mais que você morra por alguém,
Este alguém pode não viver por você!

É verdade nada supera o amor...nem a dor!

Amar é bem mais que olhar um para o outro 
é olhar na mesma direção em busca do mesmo horizonte!

No final quando o grande ato termina e a vida sai de cena, 
o que importa não são as vezes que você chorou, o quanto conquistou, 
Mas as vezes que sorriu e o quanto você amou!

Por amor vale a pena viver
E só por amor vale à pena morrer!



 Para assistir a poesia em vídeo click You Tube



terça-feira, 13 de setembro de 2011

Poesia Tapera coração














Tapera coração

Sopra vento minuano
Invade minha tapera
Areja meu coração
Traga-me!
Novos ares de emoção...
Numa destas rajadas
Arrombe as porteiras,
Esta cerca de madeira
Coberta por trepadeiras
De saudade e solidão,
Tire de mim estas teias
Este mofo bolorento
Que há tempos
Apossou-se do meu peito,
Traga consigo vento amigo
O sopro de uma paixão
Germine esta terra
Reviva meu coração,
Sopre vento sem piedade
Arranque a alma deste corpo
Arranque assim de soco
Com a força da tempestade,
Pode ser que no susto
O coração volte a bater
E me devolva em fim
A alegria de viver.



Poesia é o som do vento - RG do Sul - Semana Farroupilha

















Poesia é o som do vento

No Brasil
Norte sul ou litoral,
Neste Rio Grande amado
A poesia pra todo o lado.

Quando o Rio Grande amanhece
Nasce também a poesia,
Nos pampas do meu Rio Grande
Tem quem recite um gigante.

Poesia é o som do vento
Este bárbaro lamento
Que não para de soprar
Se espalhando pelo tempo.

Sopra de sul a norte
Minuano... temporal
Forte, fraco, normal,
É sempre vento no final.

Assim é a poesia
Faça chora ou sorrir,
No murmúrio do sorriso...
No suspiro do lamento...

Há sempre uma poesia
Sussurrada com o vento!

Poesia no coração
É como vento em campo aberto,
Espalha se esparrama
Deita e rola na grama
Sopra vento de saudade
Sopra vento de emoção
Recita a poesia
Que trago no coração.

Sopram ventos de saudades
Sopram ventos de emoção!    


Poesia Gaúchas AQUI!

Poesia RS - Galopa minuano - Semana Farroupilha














Galopa minuano

Nos pagos do meu Rio Grande
Na terra onde nasci,
Trago comigo alegria
Dos meus tempos de guria.

Cevo um mate bem quente
Monto meu pingo malhado,
E galopo pelos pampas
Do meu rincão amado.

Nessa terra de gigantes
Orgulho e coisa constante,
Orgulho da nossa história
Orgulho! De sua gloria!

Terra de bravos guerreiros
De heroicos brasileiros,
Terra de povo Bueno
Amigo e hospitaleiro.

És sem dúvida um gigante
Meu amado, querido Rio Grande!

De alma e coração
Ressaltamos tua história
Respeitamos nosso chão
Honrando nossa tradição!

Nas noites frias do inverno,
Arde o fogo, ceva um mate,
Prosa boa, água chiando...
Vai o minuano galopando.


Poesia Gaúcha AQUI!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Sete de setembro - Pátria amada
















Pátria amada

Ó pátria amada de encantos mil,
Gigante és tu com certeza
Em fronteiras e belezas,
Teu povo bravo e servil
Honra tua bandeira
Marchando teu hino
De pés descalços,
De queixo erguido
De coração garrido,
Na mão direita um alento
Ultimo suspiro de paz,
Suplica ou vento um lenço,
Grita implorando a paz,
Salve ó salve! - Ó mãe gentil -
Honre o povo heroico que te serviu
Dando-te a liberdade,
Mostre que és mãe dos filhos teus,
E que de nós não te esqueceu,
Daí nos a esperança de ver resplandecer
No teu futuro a grandeza,
De terra amável e gentil,
Entre outras mil é tu, Brasil!

heart poetry " ...a poesia tem o dom de aproximar as pessoas!"


heart

What matters, even dumb!
So says the heart,
Just watch,
More than action, it is the intention,
What motivates the heart,
In the intention of my act
I propose a deal,
Use your imagination
To bring forth the inspiration,
To make in action
The reason for the heart.


Post recebido de um amigo, a poesia tem o dom de aproximar as pessoas, um beijo no teu coração desta amiga poetisa!

Post received from a friend, poetry has the gift of bringing people together, a kiss in yourheart of this poet friend!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Overdose de paixão


     











             Overdose de paixão

Amor inconseqüente,
Não podes a todos te apresentar,
Nem todos devem te conhecer,
No teu dna tem um vírus
Mutante pulsante,
Altamente contagiante,
Quando expostos a ti...
Nada podemos fazer,
Não há como resistir!...
Não temos como fugir,
Depois de infectados
Só a um remédio a ser dado,
Capaz de nos devolver a energia
A nossa alegria,
Seus efeitos colaterais
Altamente alucinantes,
Causa dor e alegria,
Êxtase e euforia,
Vicia!...Vicia!...Vicia!
Com overdose de paixão,
Alguns vão a loucura
E estes, não querem a cura!
Encontram no remédio seu aliado,
Tornam-se viciados,
          E de amor vivem alucinados,
          Outros adoecem...
Chamam de mal de amor,
Onde mesmo com toda a dor
Não vivem sem sua dose diária de amor.