Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012













Amor divina emoção

O amor agradece o poeta
Que descreve tão poética emoção
Capaz de infectar a alma
E proliferar harmonia em   intensa magia,
A mão concretizar o fato
Apenas é o tato de um poeta inquieto
Que abre sua alma em flor
A descrever o verdadeiro amor,
-Arco-íris- colorido de emoções
Sensações que todos desejam conhecer,
Possuir...ter!
Seus matizes dependem dos olhos que o fitam
Da capacidade de visão de cada coração,
Aos olhos do poeta o amor se projeta
Esboçando no papel a poesia
Divina homenagem a tão suntuosa emoção
Que aflora a alma e desperta o coração!



”Entre risos e gemidos em freqüente frenesi ali rendidos, 
do mundo esquecidos ai de mim...ai de ti!”