Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


quinta-feira, 7 de outubro de 2010
















Pátria amada

Ó pátria amada de encantos mil,
Gigante és tu com certeza
Em fronteiras e belezas,
Teu povo bravo e servil
Honra tua bandeira, marchando teu hino
De pés descalços... de coração garrido
... De queixo erguido!

Na mão direita um alento
Ultimo suspiro de paz,
Suplica ou vento um lenço
Grita implorando a paz,
Salve ó salve! - Ó mãe gentil -
Honre o povo heroico que te serviu
Dando-te a liberdade!

Mostre que és mãe - dos filhos teus -
E que de nós não te esqueceu!
Daí-nos a esperança de ver resplandecer
No teu futuro a grandeza,
De terra amável e gentil
Entre outras mil...
É tu, Brasil!