Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

SEMEANDO A VIDA














Semeando a vida

Coitado de quem pensa
Da vida, saber tudo,
Tudo na vida é transitório
E muda a cada segundo.

A vida é professora
Que não cansa de ensinar,
É amiga ou inimiga
Depende de como olhar.

Nesta escola que estudamos
Do nascer ao morrer,
Erramos e acertamos
Caímos e levantamos,
No intuito de apreender.

A vida é poesia
Que em prosa
Declama o amor
Na alegria ou na dor.

A vida é melodia
Espalhada com o vento,
Sussurrada no riacho
Embalada pelo tempo.

Na vida há sentimento
Que devemos cultivar
Semeados com bondade
Vão crescer, frutificar.

Com beijos semeie o amor...
Com bondade semeie a amizade...
Com respeito e sabedoria
Semeie a paz dia-a-dia.

A vida é generosa
E sabe agradecer,
Oferta-nos o que plantamos
Cabe a nós reconhecer!