Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Um minuto pra ficar louca








Um minuto pra ficar louca

A loucura me persegue
Espreita-me dia-a-dia,
Por horas quase me alcança
Na ira da covardia.

A loucura me acena
Tentando me distrair,
Com um olhar que da pena,
Ai de mim! Ai de ti!

Confunde e da a razão
A mais cruel covardia,
Na loucura do coração
De quem já amou um dia.

A loucura é um oásis
No desespero freqüente,
Na cabeça dos que sofrem
Sem saber que estão doentes.

A loucura por si só
Não deve ser condenada,
No abandono a razão
Anda com ela de mãos dadas.

A loucura é doença
Mas também é solução,
Pros que buscam a saída
Do desespero da solidão.

A loucura é um tormento
Que embriaga e alucina,
Torna maluco ou não
Quem dela provar um dia.

Na doença da loucura
Louco todo mundo é,
Mesmo quem diz ser são
São de todo não é.

A loucura e a razão
Andam sempre lado a lado,
Mesmo que acredita ser são,
Um dia já foi pirado.