Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Náufrago de ilha seca... Feito rio represado sem leito pra repousar, que passa a vida inteira fluindo sem descansar...
















Náufrago de ilha seca

Te amei a vida inteira...
Te amei, a minha maneira!
Tão perto estive de ti
Que às vezes nem percebi,
Que te trazia no peito
Feito rio represado
Sem leito pra repousar,
Que passa a vida inteira
Fluindo sem descansar...
Queria ter tido coragem
De neste rio me lançar,
Mas passei a vida com medo
De talvez me afogar.
E não mergulhei na vontade
E não pode me salvar,
Fui náufrago de ilha seca...
Com medo de se molhar.