Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


terça-feira, 24 de setembro de 2013

Uma primeira vez...


















Sim deve ter havido uma primeira vez

Sim, deve ter havido uma primeira vez,
Embora não me lembre dela,
Assim como não lembro as outras vezes
Em que fui tão imprudente,
Onde não pesei as consequências
E pagou meu coração,
Sim, deve ter havido outras vezes
De desespero, medo e solidão
De total, total devastação...
Estou mais uma vez a beira deste abismo,
Repensando minha história,
Este fracasso eminente que me diz
- Que não vou conseguir -
Que é hora de desistir,
Já ecoou em meus ouvidos outras vezes
E sem conseguir se fazer escutar
...teve que se calar,
Já caminhei antes na escuridão,
As pedras são conhecidas nelas já tropecei,
Porém a saída já me foi ensinada
Eu sei, sei caminhar nessa estrada!
Já escalei o penhasco das desilusões que passei,
E sei que mais vezes imprudente eu serei
Pois minha alma aventureira é guerreira,
Só vai para de lutar ...
Quando o verdadeiro amor encontrar!