Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


terça-feira, 1 de outubro de 2013

Quem dera!










Quem dera a vida fosse feita de frases feitas,
Tudo ensaiado... esboçado no papel;
Se assim fosse a vida, o papel seria a consciência,
A caneta seria a ação, a mão seria a emoção
E a borracha, esta seria o perdão!...



2 comentários:

  1. Inspiradíssima Inoema,

    nooossa.. o que escreves é simplesmente LINDO.. digno das frases antológicas. Que tuas mãos sempre continuem transcrevendo o que de tão lindo tens no frescor da tua poética alma. Em respeito à tua sublime poesia, sequer com outros versos responder eu ousaria. Poder te ler é como Deus talvez gostaria, que vivêssemos nossa vida em divina poesia. Talvez até ele diria usasse o teu título... "Quem dera!".

    Quem dera se de cada verso teu brotasse uma inspirada flor na primavera...

    Pedro.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, agradeço em nome da poesia, sei que posso falar em nome de meus colegas letristas que ela, a poesia, anda um pouco descuidada, buscamos sempre ao escrever dar vida a emoção e assim impedir que morra a magia das palavras a emoção das rimas a sutileza das entrelinhas. E quando um coração é tocado acredite quem agradece é poesia!

    ResponderExcluir